Sites ou redes sociais? Veja por que investir nas duas estratégias!

Tantas opções de comunicação online estão lhe deixando na dúvida entre investir em sites ou redes sociais? Mantenha a calma e respire porque, no texto de hoje, explicamos para que serve cada uma dessas plataformas dentro da sua estratégia de marketing.

Inclusive, o indicado é que ambas trabalhem juntas para aumentar a visibilidade e a credibilidade da empresa diante da persona. Quer conhecer melhor esta relação? Continue lendo o artigo!

Sites ou redes sociais?

Quer que sua marca cresça e eleve o faturamento? Então o primeiro passo é construir um site com design agradável, intuitivo e responsivo para que possa ser aberto em celulares, tablets e computadores.

O site desempenha papel institucional. Trata-se do local em que seu cliente tem o primeiro contato com a empresa, englobando produtos ou serviços, avaliações, diferenciais e postagens do blog, por exemplo. Tudo isso ajuda a gerar novas oportunidades de negócio.

É importante ressaltar também que o site deve ser desenvolvido por profissionais capacitados, garantindo a programação correta. Isso beneficia a busca de sua marca no Google, Bing ou Yahoo, com as estratégias de SEO (Search Engine Optimization).

Quando o portal está finalmente pronto, com todas as páginas necessárias para ampliar a visibilidade do negócio, é hora de partir para as redes sociais. Por serem gratuitas, figuram como maneira barata de divulgar marca, produtos e serviços, atraindo mais clientes.

A criação de páginas precisa se dar com o mesmo visual do portal e da logomarca. Entretanto, cada uma delas tem características peculiares: Facebook, Instagram, LinkedIn e Twitter. Avalie em quais a sua persona se encontra antes de dar início ao processo.

Por que desenvolver um trabalho conjunto?

Com a persona identificada, é momento de trabalhar o marketing digital. No site, você inicia o processo de marketing de conteúdo, ou seja, produz textos, imagens, infográficos e vídeos para seu nicho de mercado com diretrizes de SEO. Essa é uma ação relevante para obter mais clientes, fazendo-os se envolver e compartilhar seus materiais.

Após publicar os conteúdos em seu site ou blog, você os divulga nas redes sociais. Contudo, faça antes um planejamento para gerenciar as produções assegurando engajamento, visibilidade e negócios. A rede social, em sua forma orgânica, se torna um “boca a boca virtual” com os compartilhamentos.

Para reforçar o conteúdo, a imagem da marca ou venda de algum produto, é necessário impulsionar publicações. Para isso, pode-se usar a mídia paga, ampliando seu alcance e trazendo mais resultados em menos tempo.

Você pode escolher qual a plataforma que sua persona esta mais presente e veicular anúncio por determinado período e valor.  As redes sociais oferecem métricas de visualizações, alcance, orçamento que cabe no seu bolso, anúncio por segmentação ou palavra-chave.

Tanto o marketing de conteúdo como os anúncios pagos podem ser analisados para verificar o que vira conversão ou não. Isso é resultado do Business Intelligence, dados da empresa coletados para serem usados em tomadas de decisões corporativas, como campanhas de marketing.

Qual a importância do conteúdo?

Seu site ou blog é peça fundamental para a estratégia do marketing de conteúdo pois, por meio das redes sociais, você direciona o público a deles. Viu como a “união faz a força”?

Antes, porém, é preciso planejar os materiais considerando temas relevantes para a persona. Deve-se oferecer soluções para os problemas dela, incluindo em cada artigo ações com o objetivo de fazê-la seguir lhe acompanhando de algum modo. Compartilhar, baixar algo, comentar ou se inscrever são bons exemplos.

As publicações devem ser constantes e em horários alternados. Não coloque o mesmo conteúdo em todas as redes sociais: analise qual a característica de cada uma delas para que seus posts virem ações. O Instagram, por exemplo, prioriza imagens, enquanto o YouTube comporta vídeos e o Facebook apresenta caráter mais multimídia.

Aprendeu a investir em sites ou redes sociais, trabalhando os dois ao mesmo tempo para obter melhores retornos e formas de aplicar materiais em cada plataforma? Não é difícil, verdade?

O que achou das orientações? Gostou? Então compartilhe o texto nas redes sociais fiquem por dentro do assunto!